19 de abril de 2010

Será que é isso mesmo?!

            Li uma frase hoje que instigou mais ainda minha vontade de escrever sobre um assunto que desde o início deste ano me incomoda... "Fácil é julgar pessoas que estão sendo expostas pelas circunstâncias... Difícil é encontrar e refletir sobre os seus próprios erros." Pois é, quem nunca não julgou alguém ou alguma situação, que atire a primeira pedra. Infelizmente, muitos de nós temos sido assim. Quantas vezes resolvemos falar em vez de conhecer?! Quantas vezes resolvemos falar em vez de analisar a situação?! Quantas vezes preferimos julgar em vez de nos colocar no lugar daquela pessoa?! É muito mais cômodo para nós né?! É muito mais fácil reagir assim.
            Costumeiramente olhamos somente para nós e não vemos o que está ao nosso redor, muito menos tentamos entender o por quê. Não vemos que muitas vezes aquela pessoa precisa de nós, precisa da nossa ajuda, precisa de apoio. Vejo que é possível enxergar a nossa vida como uma escada gigante... cada dia precisamos subir um degrau e quando conseguimos avançar significa que nossa bagagem de conhecimento e amadurecimento fica mais pesada. Só que diversas vezes a gente tropeça e cai, e é preciso voltar ao degrau anterior. É preciso levantar, respirar fundo, refletir e tentar avançar para o próximo degrau. Por isso, cada degrau dessa "escada da vida" é composto por lutas, vitórias, derrotas, alegrias, tristezas, enganos, certezas. Enfim, a cada dia estamos aprendendo e sendo moldados. A cada dia Deus está nos guiando nessa escada e precisamos enxergar que todos nós estamos suscetíveis a erros. Aí é que está o problema, é muito mais fácil enxergar somente os erros dos outros e achar que nunca faremos isso ou aquilo. Ops! É aí que a gente se engana! E isso me faz lembrar do que está escrito em 1 coríntios 10:12 "Aquele, pois, que pensa estar em pé veja que não caia." Até quando iremos achar que somos "os tais"?! Que somos fortes e corretos?! Que nunca erramos?! Acho que temos que colocar os pés no chão e enxergar que somos meros pecadores e que, muitas vezes, aquilo que julgamos que estamos corretos, na verdade, estamos completamente errados. Não devemos falar daquilo que não conhecemos ou simplesmente nos conformar com o que os outros dizem de fulano ou ciclano.
            Sabe, tenho pensado muito sobre essas coisas e Deus tem me incomodado no sentido de pararmos de viver na inércia, no nosso "mundinho". Está na hora de começarmos a agir! Está passando da hora de colocar em prática o que Deus tem nos ensinado dia a dia. Aquele amigo ou amiga, ou conhecido seu, que passa por problemas, conflitos... ele precisa de vc! Precisa que vc o ouça primeiro e não fique aí julgando. Aproxime-se, entenda, compreenda, ore por ele e com ele, disponha-se! Precisamos aprender a exortar em amor! Como Deus tem me incomodado quanto à isso! Deus nunca aponta o dedo na nossa cara pelas inúmeras falhas que cometemos dia após dia. Por sermos tão imperfeitos. Muito pelo contrário, Ele está sempre preparado para ouvir o nosso desabafo, nos dar conselhos, nos mostrar a direção correta e nos ajudar a levantar. E se o tombo for feio, não devemos nos preocupar, eles servem para que na continuação da caminhada, a gente siga mais forte! E sabe pq Deus faz isso?! Pq nos ama! E será que estamos amando o nosso próximo como devemos?!
              Li uma passagem semana passada em 1 coríntios 16:14 que diz: "Todos os vossos atos sejam feitos com amor." Temos que realmente refletir sobre isso e praticar isso. Fale o que pensa, o que acha, dê seus "puxões de orelha", mas tudo em amor. Ajude! Dê oportunidade daquela pessoa te mostrar quem realmente ela é antes de acreditar no que os outros falam. Deixe que vc tire suas próprias conlusões. Não há nada melhor que isso! Até pq todos os dias estamos aprendendo algo, enxergando algo e melhorando em algo. Deus nos confronta todos os dias e nos aperfeiçoa!
              Vejo que a nossa vida tem que ser algo ascendente... Assim, se alguém fez aquilo algum dia, não significa que terá a mesma postura hoje. Agora, caso realmente comprove algumas coisas ruins... caso veja coisas que não queria ou não esperava... Não desista ou não se arrependa de ter agido assim! Vc terá feito a sua parte e terá exercido o papel que Deus gostaria que vc tivesse exercido. Vc terá demostrado amor, compaixão, carinho e amizade. E digo isso, pq mesmo "quebrando a cara" algumas vezes, sei que as sementes plantadas ainda irão brotar no tempo certo, pq Deus nos usa.
              Ainda sigo acreditando e mesmo com as desilusões vejo uma luz no fim do túnel. Portanto, falemos menos e façamos mais. E, independente do resultado, que a gente diga: Foi gratificante!

3 comentários:

Andressa R. de Menezes disse...

Amém!! Glória a Deus!! Que Ele continue a nos exortar em amor com relação a julgar o próximo, com relação a amar o próximo!!! Em Mateus 7:2 Deus fala: "Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós."! Profundo, não?! Devemos temer e tremer diante de tal ato e ter a consciência de que julgar sem conhecer abre uma brecha na nossa vida para que sejamos tartados da mesma forma!!! Que Deus tenha misericórdia de nós!

Paula Cristina disse...

é... devemos ser apoio uns dos outros... Tipo: Um só corpo?! Isso te faz lembrar de algo? Da Bíblia? Que bom!

Bjos!

180° disse...

Monique,

Show de bola, ou será show de blog?
Ah, os dois, parabéns pela iniciativa.

Abração,
Carlos Henrique