4 de agosto de 2011

Esperar é caminhar...


 
Quantas vezes lutamos consigo mesmo, tentanto entender o porquê das coisas?! Quantas vezes somos imediatistas?! Quantas vezes queremos ultrapassar tudo logo, fazer o tempo andar mais rápido?! Isso geralmente acontece nos nossos momentos de angústia. Mas respire fundo, se desligue um minutinho desse turbilhão de pensamentos e tente compreender...

19 de julho de 2011

Contramão

               

       Você já parou pra pensar o que significa contramão? E a partir dessa análise você já parou e pensou se sua vida realmente anda na contramão? Mas pera aí, contramão de quê?! Será que tudo aquilo que está dentro de nós, valores, princípios, convicções, tem feito a diferença em nosso dia a dia ou temos sido mais um entre os demais?! E de onde vêm essas convicções? O que estamos fazendo com elas? Ao pensar nessas questões, podemos ver e entender o quanto é importante essa tal "contramão". É, andar na contramão vai muito além do que apenas ir em outra direção. Andar na contramão reflete em diferença, oposição, sentido contrário daquilo que convém. Contramão remete a algo que diante do comum leva uma diferença que gera mudança em tudo que está ao redor.
      Somos seres em busca de direções todos os dias. Tudo que vivemos, tudo que escolhemos, exige de nós uma posição, uma convicção. E é essa convicção que nos levará a um determinado caminho. A trajetória para esse caminho dirá se estamos andando ou não na contramão. É possível perceber isso se ao longo dessa trajetória encontrarmos espinhos e soubermos lidar com eles, mesmo que eles nos firam de vez em quando. Se encontrarmos pedras e soubermos colhê-las, mesmo que elas tenham nos feito tropeçar. Se encontrarmos desertos e soubermos recorrer a pessoa certa para saciar a nossa sede. Tudo gira em torno do que você está disposto a fazer nessa contramão.
       O mundo está aí, cheio de prazeres e tentando usurpar as nossas vontades. Nos ofere isso e aquilo. Muitas vezes tenta encharcar nossas mentes e nossos hábitos de coisas sem sentido. Vemos tantas coisas sem contexto em evolução. Enquanto isso, muitos parecem ir no mesmo sentido desse crescimento sem fundamento. Diante disso, parece que nossos olhos espirituais dormem e não temos reação para mudar de direção. Aonde está o que realmente importa? Aliás, e o que realmente importa?! 
    Sabe, o que realmente deve importar é aquilo que carregamos dentro de nós, a VIDA abundante que nos move, o sopro de vida que nos impulsiona, a Palavra de Deus que nos alimenta, a canção que entra no coração e faz uma revolução, aquele vento que não é visível mas toca e leva a uma reflexão, aquele momento a beira de um acidente onde vemos o AMOR de Deus por nós, aquela simples reunião em que podemos perceber quem realmente vai estar conosco em qualquer situação, aquele ambiente de trabalho que parece sem graça mas que conseguimos ver a provisão e o cuidado de Deus com a nossa vida. Enfim, são tantas coisas né?! Coisas simples do dia a dia, mas que dependendo do que nos move, é possível tirarmos de cada uma delas algo valioso.
    Como podemos ver, essa contramão é exposta em todos esses momentos, simplesmente porque a contramão aparece quando vemos um propósito diante de cada cirscunstância. Ela se torna importante quando pegamos algo pequeno e transformamos em algo grande. E é essa contramão que pode fazer você enxergar a beleza da vida e a beleza das pequenas coisas que te cercam. É essa contramão, carregada da presença de um Pai que SEMPRE está presente em todos os momentos, que realmente faz a diferença! Essa contramão quer nos levar a experiências inovadoras e quer nos alimentar de riquezas eternas. E essas riquezas com certeza nos levarão ao crescimento eficaz. Crescimento que transforma. Crescimento que modifica. 
      Viver na contramão significa ir contra tudo aquilo que tenta nos tirar do propósito original de Deus! Significa fugir daquilo que convém e que "parece" agradável. É seguir com sabedoria, sabendo lidar com cada situação. Deus tem um propósito para cada um de nós, mas enquanto a direção for a mesma do mundo, não poderemos vislumbrar aquilo que Ele nos fala em 1 cor 2: 9: "As coisas que olhos não viram, nem ouvidos ouviram, nem penetraram o coração do homem, são as que Deus preparou para os que o amam."
     Então, você tem andado na contramão do mundo ou na contramão de Deus? De nada adianta andar na contramão do mundo e passar despercebido. De nada adianta se encher de VIDA e não levar essa vida para as pessoas que te cercam. De nada adianta estar aonde você está e as pessoas não notarem que o seu caminho é a "contramão do mundo"! Assim como também de nada adianta estar na contramão de Deus, porque isso só te levará para lugares distantes dos propósitos que Deus criou para você viver. O importante é que hoje você pode voltar-se para Deus, pois Ele sempre está de braços abertos para te receber. O valioso é que o amor que transbordou naquela cruz cobriu os seus pecados e que a graça dEle está sobre você todos os dias. Viva isso, sinta isso, faça parte disso! Caminhe na contramão do mundo, mas em direção ao que Deus tem para você! Uma coisa é certa: Vale MUITO à pena!

Monique Meneses

5 de abril de 2011

O caminho da Salvação


       Hoje em dia algumas coisas precisam ser consideradas em nosso meio. Muitas pessoas acham que viver o evangelho de maneira relapsa é a coisa mais normal, outros querem camuflar a existência do inferno dizendo que Jesus morreu por todos e todos serão salvos, e ainda acabam desonrando ao Senhor com algumas atitudes. 
            Consideremos o primeiro mandamento citado em Mateus 22: "Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento." bem como o versículo de Mateus 6:33: "Buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e a Sua justiça e todas as outras coisas vos serão acrescentadas." Vejo que quando, verdadeiramente, amamos ao Senhor e buscamos o Reino de Deus, automaticamente, várias coisas em nós são modificadas e dia a dia conseguimos mortificar as obras da carne em nossas vidas. Bom, mas para isso precisamos ter fé.  Sabemos que  fé é a certeza daquilo que não se vê e também sabemos que a fé sem obras é morta como está escrito em Tiago 2:26. Logo, isso me faz lembrar o que está escrito em Mateus 7:20: "Por seus frutos vos conhecereis." Então, aí é que está a questão! Muitos querem justificar o fato de acreditarem que todos serão salvos alegando as coisas boas que alguns fizeram ou fazem aqui na terra. Porém, é importante lembrarmos que nenhum homem é justificado pelas obras da lei, mas pela fé em Jesus como vimos em Gálatas 2. Se pela fé buscamos ao Senhor e buscando à Ele somos moldados dia a dia, nossa postura já não pode ser a mesma! O contato com Deus gera mudança. Não ficamos presos a fazer boas coisas e sim ter uma caminhada diferenciada em tudo.
              Que Deus é amor e Jesus morreu por todos, nós sabemos. Só que é verdade também que alguns, mesmo sabendo da verdade, continuam vivendo por seus prazeres carnais. Isso acontece porque saber é diferente de conhecer. E quando você sabe, conhece e não faz, não valeu de nada saber. Aquilo que consideramos valer a pena em nossas vidas tem o poder de transformar nossa realidade. Todo conhecimento deve gerar em nós uma ação. E toda ação gerada deve ter como resultado uma mudança. Por isso o conhecimento da Palavra vem para mudar a realidade de nossas vidas. Isso é comprovado pelo fato de que Deus tem um plano para cada filho e todos os nossos dias estão escritos por Ele. Basta querermos seguí-lO e viver os propósitos que Ele tem para nós. Ele veio para trazer uma nova história, gerar algo novo em nossa realidade. Mas muitos não querem isso e escolhem o caminho contrário. Claro que Deus é soberano sobre todas as coisas, só que o interesse dEle não é que sejamos automáticos, e sim que tenhamos a atitude de buscá-lO. Ele é amor e o amor não impõe nada. O amor constrange, o amor ensina, o amor aconselha, o amor se compadece, o amor educa. Quando você abre o coração para Jesus, o amor dEle começa a te constranger de tal forma que você é tomado pelo Seu poder. A partir daí o Espírito Santo começa a trabalhar em todas as áreas. Um exemplo de escolha está descrito em Gênesis quando Eva comeu o fruto proibido. Deus colocou a árvore do conhecimento no jardim do Éden possibilitando a Adão uma escolha.
             Se não levarmos em consideração alguns pontos fica fácil falar que as pessoas terão salvação levando a vida de qualquer jeito e fazendo  coisas boas. Jesus veio para libertar e salvar o perdido. Quando você tem um encontro com Ele e O aceita, você deixa de estar perdido, alcançando assim a salvação. Isso significa que as coisas terão que mudar, pois salvação é acompanhada de uma vida em excelência e viver em excelência é caminhar de uma maneira nova. Fazer uma coisa boa aqui ou ali não redime ninguém do pecado e muito menos determina se esta pessoa serve ao Senhor e vive o evangelho real. A salvação vai muito além disso e viver o evangelho de forma verdadeira é algo muito mais profundo do que muitos pensam.  Viver o evangelho é ter conhecimento do pecado e isso muda nosso estágio, pois mesmo sendo pecadores passamos a ser reconhecedores dele. Passamos a ter um coração quebrantado e contrito. Davi foi um homem segundo o coração de Deus porque guardou o seu coração em Deus, sabia e reconhecia seu pecado, tinha um coração ensinável. Ter um coração ensinável é a chave para que o caráter de Cristo prevaleça. Isso significa viver em excelência. Viver em excelência não significa deletar nosso status de pecadores, significa refletir o verdadeiro encontro com Cristo. Viver em excelência é andar em retidão. É mudar para melhorar!
              Deus diz em Mateus 16: "Quem quiser vir após mim, negue-se a si mesmo e tome a sua cruz." Ou seja, seguir a Jesus é renunciar o seu próprio eu e suas próprias vontades. E isso também é algo  que vai acontecendo naturalmente depois que o aceitamos como nosso Senhor e Salvador. As coisas velhas passam e tudo novo se faz. Servir e viver Cristo é ter a mente, o espírito e a emoção afetados. Além disso, Deus é bem claro na bíblia quando nos fala que a porta é estreita e apertado é o caminho que leva a vida, e poucos há que encontrem. E por que será que Ele fala isso?  Simplesmente porque sabe e conhece a natureza humana. Ele nos deu o livre arbítrio e a partir dele provém todas as decisões da nossa vida. Assim, a forma como encaramos a nossa vida com Deus resulta em um bom uso ou não do livre arbítrio. A sua conduta é fundamental para uma vida aprovada diante de Deus! Sabemos que tudo é graça e que a graça está acima da lei. Mas o que é graça? Graça é favor imerecido, ou seja, é a salvação sem merecimento como Paulo fala. Mas não podemos focar somente nisso, se não passamos a usar isso para justificar continuidade no pecado sem a geração de arrenpendimento. Graça é também você se guiar pela dependência do Espírito Santo. A lei padroniza, a graça é individual! A partir do sacrifício de Jesus na cruz por nós, Ele salvou a nossa alma. Porém, entra em cenário a ação do Espírito Santo em nós gerando transformação em todas as áreas e isso depende  do relacionamento com Deus. O relacionamento com Deus aperfeiçoa a caminhada cristã. Por isso não podemos continuar os mesmos. Isso tudo faz parte da totalidade da salvação.
             Com tudo o que temos visto nos dias de hoje comprovamos o quanto falta conhecimento. Texto sem contexto acaba virando pretexto! Só não podemos esquecer que Deus é justo e no que diz respeito à busca da justiça é como o Myles Munroe fala: “Buscar o Reino de Deus e sua justiça é caminhar em direção a um destino particular, mantendo concentração dos sentidos no alvo adiante de nós. Quanto mais permanecermos nesse caminho, mais crescemos na graça e no conhecimento do Senhor e de sua justiça. Isso significa saber como viver, agir e nos relacionarmos na vida. Justiça significa andar corretamente com Deus. Ele deseja que você saiba onde você está em relação à Ele: se você está em Cristo e o que você possui de Cristo." Portanto, se você anda com Cristo, o que você possui dEle? Têm espalhado isso por onde passa? Você e eu temos que ser o evangelho relevante do dia a dia. Ser igreja é fazer com que suas atitudes sejam tão relevantes diante dos homens que faz eles terem sede da salvação genuína. O caminho da Salvação engloba a totalidade da ação de Deus em sua vida!