7 de outubro de 2010

Barco à vela

             
              Somos um barco à vela. Estamos inseridos numa imensidão azul de possibilidades. Possuímos um leme que nos permite ir para direita ou para esquerda, mas se não estiver ventando não vamos a lugar nenhum. Não conseguimos ver esse vento, mas temos que estar sensíveis à ele e entender um pouco como ele age para estarmos preparados para içar as velas no tempo certo.
              As vezes não nos contentamos com o vento que temos e queremos ir mais rápido. Então jogamos fora partes importantes nossas para ficar mais leves e colocamos velas maiores que mal podemos suportar. O barco fica instável e vulnerável, qualquer onda mais forte pode virá-lo. Mais à frente, cansados de depender do vento, resolvemos nos tornar um barco à motor. Tiramos as velas, colocamos um motor e ficamos independentes do vento. Agora podemos escolher tanto a direção como a velocidade. Parece bom no começo, mas a viagem é longa. No percurso, um dia o combustível vai acabar ou o motor pode quebrar. Então não teremos força nenhuma para chegarmos ao destino, pois deixamos para trás as velas que nos conectavam com o vento.
             O vento pode soprar mais forte, mais fraco ou nem soprar em alguns momentos. Ele pode soprar da terra para o mar ou do mar para a terra. Pode ser quente ou gelado. Nunca vamos conseguir controlá-lo, mas ele nunca vai acabar. Estará sempre soprando em algum lugar. Nossa viagem é tão longa que nenhum combustível pode durar o tempo suficiente. Nenhum motor pode suportar tanto tempo funcionando. Só o vento pode nos levar até lá. Quando nosso vento se chama Deus podemos ficar tranquilos, pois Ele sabe como, quando e onde nos levar.

Retirado do blog do Pedro Pamplona. Visite e seja abençoado(a)!

Reflexão: Ajuste suas velas e deixe Deus te guiar! Não procure atalhos, não procure ser mais rápido, o trajeto é um processo de crescimento. Atalhos fazem com que o processo seja negligenciado! Não negligencie o necessário, o essencial! Jesus sabe o melhor destino para sua vida!

Monique Meneses

3 comentários:

Mari disse...

excelente texto monique
de verdade... esse foi especial hein!!! parabéns!!

bjsss

pedropamplona disse...

Vlw pelo post Monique! O melhor mesmo foi a reflexão...

Soli deo gloria!

Sandro disse...

Graça e paz, sempre!

Passei por aqui para conhecer seu blog.
Estou procurando bons blogs para compartilhar.

Já estou te seguindo.

Ficaria muito feliz se puder me visitar.
Se quiser me seguir também será um prazer para mim.

Abraço em Cristo,

Sandro
http://oreinoemnos.blogspot.com/
Te espero lá.